quarta-feira, 27 de agosto de 2008

TUDO SOBRE ÓLEO DO MOTOR – NORMA API


Qualquer componente mecânico necessita de uma correta lubrificação de modo a garantir o menor atrito entre as partes móveis, reduzindo assim as perdas mecânicas. Não é diferente em um motor. Em função do grande número de componentes o óleo lubrificante torna-se fundamental para seu funcionamento. Mas não é apenas o uso de um lubrificante que garante a vida útil do motor. É preciso escolher o óleo adequado para cada aplicação. Por isso os óleos lubrificantes são classificados segundo rígidos padrões.


O óleo lubrificante do motor obedece a norma internacional da SAE ( Sociedade dos Engenheiros Automotivos ) e a API ( Instituto de Petróleo Americano ). Essas normas classificam o óleo lubrificante quanto a sua viscosidade e seu nível tecnológico. Para ficar mais claro, vamos utilizar como exemplo, o óleo lubrificante abaixo:

SAE SJ 20 W 50.

A classificação API determina a qualidade do óleo e é representada por duas letras no início do código. Quando a letra “S” é apresentada estamos nos referindo a “Spark”, que em inglês significa centelha, indicando tratar-se de um óleo recomendado para motores que utilizam vela de ignição, como os movidos a gasolina, álcool ou GNV. Algumas literaturas atribuem o significado da letra “S” a Service Station”, ou Estação de Serviço.

No caso dos motores a Diesel a letra inicial é “C” de “Compression”, relativo à ignição por compressão. A letra “ C “ ou Comercial, em função do tipo de utilização desse veículos.
A segunda letra, no caso do exemplo, um “ J” indica o nível tecnológico do óleo, seguindo uma escala crescente. Por exemplo, um óleo SL é mais avançado que um óleo SJ, que por sua vez é mais atual que um SH, e assim por diante.

O primeiro na escala API é o SA, um óleo mineral sem qualquer tipo de aditivação e impensável nos dias de hoje. E, o mais avançado é o de classificação SM, oferecendo melhor rendimento ao motor. É importante compreender que esta classificação é definida em função das condições de trabalho e temperatura, levando em consideração a necessidades de lubrificação de cada motor. Portanto, a utilização de um óleo mais avançado, do tipo SJ, em um motor mais antigo em nada trará benefícios. Neste caso é mais recomendado o óleo do tipo SH, ou mesmo SG. Seguindo o mesmo raciocínio, se utilizarmos um óleo SG em um motor avançado estaremos comprometento
Na próxima semana explico melhor a classificação SAE. Até o Próximo Post.
Alexandre
Dicas AutoServiço
  • Obedeça a classificação API do óleo indicada no manual do proprietário.

  • Troque o óleo a cada 5.000km ou 06 meses.

  • Utilizar um óleo SL em motor que pede SJ não traz benefícios.

14 comentários:

Anônimo disse...

estou com uma duvida,trabalho em uma troca de oleo e tenho um cliente que so usa oloe 5w30 no seu monza 96 2.0.
ele diz que o carro fica muito mais economico sera que e verdade, e isso pode trazer algum dano ao motor

Anônimo disse...

usar oleo 02 tempo junto com a gasolina em motor de 4 cilndros ajuda a lubrificaçao?

Anônimo disse...

1- Usar óleo com menor vicosidade realmente diminui o consumo de combustível,pois, o motor faz menos força para trabalhar. Não causa dano algum.

2- Óleo dois tempos para motores quatro tempos só atrapalha.Além da fumaça fedorenta,causará acúmolo de fuligem nas velas isso trará transtornos.

Anônimo disse...

JOÃO CANESIN-BRAS-SP,
GOSTARIA DE UMA EXPLICAÇÃO MAIS SIMPLES COM REFERENCIA A QUE OLEO UTILIZAR.
POR EX:VEÍCULOS COM MOTOR 1.0 USAR OLEOS COM CLASSIFICAÇÃO SL,SJ SH.

VEÍCULOS COM MOTOR 1.6 USAR OLEO....
ASSIM POR DIANTE FICARIA MAIS FÁCIL DE ENTENDER.
NA MAIORIA DAS VEZES NÃO SEI SE UTILISO OLEO MINERAL OU SINTÉTICO,MAS TAMBEM TEM O SEMI SENTÉTICO, MEU CARRO TEM MOTOR FLEX
1.6-DA FORD.O OLÉO QUE VEM DE FÁBRICA ESRTA EM QUAL CLASSIFICAÇÃO/???. É ISSO CONTINUA SEM SABER!!!DHA49

Valdijan disse...

Parabéns pelo ótimo blog!
Gostaria de sugerir como tema o uso dos produtos "FLUSH" para a limpeza do motor, pois ultimamente tem bastante gente ofereçendo o produto e insistindo sobre a sua importância...de fato ele funciona ou na verdade é dispensável?

Anônimo disse...

Excellent goods from you, man. I have understand your stuff previous to and you're just too magnificent. I really like what you've acquired here,
certainly like what you are stating and the way in which you say
it. You make it enjoyable and you still take care of to keep it wise.
I can not wait to read much more from you. This is actually a terrific website.
Feel free to surf my blog :: latest epl transfer news chelsea

Anônimo disse...

hey there and thank you for your information – I've definitely picked up something new from right here. I did however expertise some technical points using this web site, as I experienced to reload the web site a lot of times previous to I could get it to load properly. I had been wondering if your web host is OK? Not that I'm complaining, but slow loading instances
times will very frequently affect your placement in google and could damage your quality score if advertising and marketing with
Adwords. Well I am adding this RSS to my email and could look out for much more of your respective intriguing content.
Ensure that you update this again very soon.
Feel free to visit my homepage : soccer transfer news january 2013

Anônimo disse...

I was recommended this web site by my cousin. I'm not sure whether this post is written by him as nobody else know such detailed about my difficulty. You are wonderful! Thanks!
Feel free to surf my web-site - colonias

Anônimo disse...

gostaria de saber sobre o oleo que vai nos motores fivetech da fiat motor que equipa o marea 2.0 20v ja que e um motor complicado pois o oleo infui diretamente da durabilidade do motor.

Laércio Silva disse...

Estou na dúvida, tenho um spacefox 2012, e a indicação do óleo é CASTROL 5w40 502.00 e na troca de óleo de 40.000 o funcionário da loja colocou o ELAION 5w40. Devo reclamar o erro ou não?
Laércio - S.Paulo-SP.

Anônimo disse...

"CASTROL 5w40 502.00 e na troca de óleo de 40.000 o funcionário da loja colocou o ELAION 5w40"

O seu óleo pode ser de qualquer marca, desde que respeite a viscosidade, no seu caso 5w40 e o tipo de semi sintetico ou sintetico. Nunca um inferior mineral<semi sintetico<sintético, sendo o sintetico o de melhor classificação.

Luciel Felipe disse...

Já tinha estudado sobre mecanica e passamos por classificação de óleo quanto à viscosidade, mas não me lembrava da norma americana, foi muito útil. Parabéns, uma coisa legal de se explicar aqui são os tempos do motor, tem quem não saiba que 4 tempos é diferente de 4 cilindros, nem como pode um motor aparentemente igual ao outro um ser dois e o outro ser quatro, ainda mais em um cilindro como nas motos monocilindricas.

gsilva disse...

Amigos isso aqui é uma mina de ouro de conhecimento. Parabéns mesmo.! O caso é o seguinte: meu corolla 1.8 16V - 116.000Km rodados, que tipo de óleo devo usar? Uns dizem uma coisa, outros dizem outra; Estou na dúvida. O carro ano 2000 é ótimo!

Anônimo disse...

Amigo só lendo os comentários, já aprendi muito, sou mecânico da linha diesel, procurando sempre aprender mais , tenho um corolla 2005 estar baixando muito óleo 1l a cada 1000km qual óleo recomendado para esse motor 200 mil km rodado, atualmente uso Castrol 20w50 ante borra para alta km???