sábado, 31 de janeiro de 2009

COMO FUNCIONA O SISTEMA DE FREIOS - PARTE I


Em 1770,Nicolas Joshep Cugnot, inventor francês, estava tão obcecado pela idéia de colocar o primeiro veículo a vapor do mundo para andar que acabou esquecendo de um pequeno detalhe – como fazê-lo parar !!! O colosso de metal e madeira que pesava quatro toneladas e se deslocava a 3,6 Km/h sobre três rodas se chocou contra um muro em sua estréia.

Desde então, credita-se a Cugnot, não somente a criação do que viria a ser o tataravô dos carros modernos, mas também a criação do primeiro acidente automobilístico de que se tem notícia !! E, foi graças a esse fato histórico que a indústria dos freios ganhou impulso...

O princípio que rege um sistema de freio está ligado à capacidade de converter energia cinética em energia térmica. Isso que dizer que quando nos deslocamos com um veículo acumulamos energia cinética, que é a energia do movimento, e que para pará-lo é preciso converter essa energia em outra forma de energia. No caso, energia térmica em forma de calor.

Portanto, quanto mais calor gerado pelo sistema de freios mais eficiente será a frenagem. Só que não é tão simples assim...surge aí a limitação dos materiais utilizados no sistema. É que grande maioria dos matériais metálicos apresentam perda de eficiência causada pelo excesso de temperatura, fenômeno conhecido como Fading.

O material mais utilizado é o ferro fundido, que apesar de muito pesado, possui custo reduzido de produção, boa resistência mecânica e é um excelente condutor de calor. Esse material é utilizado na confecção dos discos e tambores de freio. Já em veículos de competição e em alguns carros esportivos estão sendo utilizados discos de freio de compostos cerâmicos por serem mais leves e mais resistentes à fadiga.

Nos próximos Posts veremos como surgiram os discos de freio, porque as pastilhas de freio não utilizam mais amianto na sua composição, além de dicas de manutenção.

Alexandre

Dicas AutoServico


  • O ferro fundido é utilizado nos discos de freio e tambor.
  • Quanto mais calor um sistema de freios gera, mais eficiente é.
  • Fading provoca a perda de eficiência dos freios.
Saiba mais sobre o assunto:

Nenhum comentário: