sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

SAIBA MAIS SOBRE O FAROL DE XENON.


Há algum tempo atrás os faróis de Xenon eram exclusividade de modelos importados de luxo, e logo tornaram-se sinônimo de exclusividade e sofisticação. Mas, por trás da beleza existe a funcionalidade. E é isso que diferencia a tecnologia de faróis de Xenon de outros sistemas de iluminação convencional por produzirem um feixe luminoso mais consistente e eficiente.

É que ao contrário das lâmpadas convencionais que utilizam um filamento de tungstênio incandencente para produzir luminosidade, o faróis por descarga de gás utilizam reatores de alta descarga elétrica conhecidos como HID ( Hid Intensity Discharge ). Nele utiliza-se uma lâmpada especial, cujo bulbo é preenchido com uma mistura de gases nobres do qual se sobressai o Xenônio. A luminosidade é produzida pela passagem de uma corrente elétrica nos eletrodos internos, ionizando o gás. Mas para que isso ocorra é necessário gerar uma elevada tensão elétrica, da ordem de 20.000 volts. Por isso a necessidade de um reator e um starter ou ignitor.

Como não há filamento aquecido, esse tipo de lâmpada possui maior vida útil, pois se torna mais resistente a vibrações e impactos. A durabilidade chega a 3.000 horas de uso, ante apenas 300horas do modelo convencional.

A luminosidade produzida pelo gás pode ser cinco vezes superior quando comparada ao o sistema Halógeno, com um consumo de corrente elétrica 40 por cento menor.

A coloração do feixe luminoso produzido pela lâmpada de Xenon é branco azulado diferentemente do facho amarelado dos faróis convencionais. A cor varia em função da temperatura, passando de 3.000K na cor branca a até 6.000K na cor azul.

Nos próximos Posts falaremos sobre a nova regulamentação do Cotran para uso de faróis de Xenon.


Até o próximo Post

Alexandre

Dicas AutoServiço
  • A capacidade de iluminação do Xenon é até cinco vezes maior que uma lâmpada comum.
  • Quanto maior a temperatura, mais azulado é o feixe luminoso.
  • A lâmpada de Xenon dura até 3.000 horas.

Nenhum comentário: